Links Quebrados!

Olá, Galera...
Mandem seu pedido e informação sobre os links para: jqrc2005@yahoo.com.br ...E se você quer nos ajudar, traduzindo, diagramando, transcrevendo, restaurando, revisando ou escaneando, mande uma mensagem pro mesmo e-mail!

...Pessoal, acompanhe a Cronologia e Baixem também minha Planilha de Excel com a Cronologia Numerada para localização dos Gibis e Links... e Uma Boa Leitura a Todos!

Aquiles Grego

terça-feira, 13 de novembro de 2018

ADEUS AO MESTRE DA FANTASIA

Um mestre... Um manipulador... Um editor... E como disse meu pai: "Um gênio". Um cara que um dia acordou e disse que estava na hora de trabalhar com aquilo que queria. E enfrentou as dificuldades para a sua ideia vingasse. E como vingou. Vingou tanto, que a empresa onde essa ideia foi desenvolvida tornou-se a mais importante editora de quadrinhos do mundo. A Casa das Ideias.

 Onde eu entro nesta estória?... Foi em 1980, quando comprei a revista Heróis da TV número 7 da Editora Abril e descobri a "ideia" deste "cara" e... me "Maravilhei". A partir deste momento, ler se transformou numa das coisas mais importantes da minha vida. Em vez de estar na rua jogando bola, me divertir como o resto da rapaziada ou vendo televisão, eu me perdia na leitura de um universo coeso de super-heróis fantásticos, o qual eu não conhecia 10% do real tamanho que essa "parada" tinha. Mesmo assim, estava fisgado como peixe no anzol.

E isso me ajudou culturalmente, ortograficamente, cientificamente e outros "mentes" que você pode imaginar. Me ajudou a ser o "ser humano" que sou hoje. Dotado de opiniões individuais e concernente às minhas concepções de cunho próprio. É claro que li livros e outros tipos de literaturas, mas os quadrinhos sempre foram fonte de inspiração para alargar minha consciência.

É mais ou menos isso que eu devo a esse "cara", que nos deixou no dia de hoje. Que descanse em paz!!!... Excelsior!!!!

Aquiles Grego

MURAL DE DEPOIMENTOS DA EQUIPE ERA MARVEL E AMIGOS:


Agora passados muitos anos lembro-me de ao ler o segundo volume de watchmen, uma cena com a primeira silk spectre diz que o futuro parece mais sombrio. Mas que o passado, mesmo as piores partes, vai ficando mais brilhante com o tempo.
Mais adiante Dr.manhatan no volume quatro diz ao contemplar as estrelas: elas estão muito distantes e sua luz leva tempo para nos alcançar, só o que vemos são suas velhas fotografias.
Pensando no que perdemos hoje foi assim que me senti.
Ao lembrar de tudo que perdemos ao longo de nossas vidas as saudades, cicatrizes e tristezas que trazemos em nossos corações e mentes me vejo mais uma vez diante da inevitabilidade da morte. Eu sou órfão de pai desde meus quatro anos de idade e cresci com uma constante e uma certeza, meus heróis estavam sempre ali comigo, nos piores e nos melhores momentos, sendo meus exemplos, amigos e válvula de escape da realidade que tudo cobra e nada perdoa... O homem que mudou a forma como se escrevia e, portanto lemos HQs hoje não está mais entre nós. E nosso mundo fica um pouco mais triste e o céu mais brilhante...
Não tenho palavras para descrever minha tristeza diante disso bem como a gratidão por ele ter estado entre nós. Uma pequena parte de mim sempre estará de luto e vai olhar o céu de forma diferente de agora em diante... Acho que agora todos somos órfãos.
Descanse em paz Stan Lee sua falta será eternamente sentida!

EXCELSIOR!! 

Aldebaram50

-------------------------------------------

Oi Aquiles, blz, amigo!

Fiquei sabendo da morte do Stan Lee já no final da tarde, pelo meu sobrinho. Quando eu tinha uns 7 anos, meu pai sempre comprava gibis da RGE e da Ebal, como Capitão América e meu herói preferido “DEMOLIDOR”. Então chegaram as revistas da Ed. Abril, Capitão América, Heróis da TV e SAM (a melhor de todas) e depois HOMEM ARANHA e HULK, e até hoje continuo lendo e apreciando essas histórias, e agora poder contribuir um pouco com as diagramações e transcrições no seu blog, Báu da Marvel e da DC. Segue abaixo a frase que você pediu.

AVANTE VINGADORES! POR ODIN E POR ASGARD! HULK ESMAGA! TÁ NA HORA DO PAU! IMPERIUS REX! O AMIGÃO DA VIZINHANÇA! COM GRANDE PODERES... OBRIGADO STAN LEE por nos fazer rir, chorar e sonhar com essas AVENTURAS INCRÍVEIS e com esses personagens MARAVILHOSOS criados por VOCÊ e os MAGOS dos desenhos JACK, BUSCEMA, DITKO, ALCALA e tantos outros que já se foram, mas que deixaram o seu LEGADO para NÓS, ÁVIDOS leitores.

Abraço amigo!

Leonam Neto


--------------------------------------------

Perdemos hoje o grande Stan Lee, o homem que revolucionou as histórias em quadrinhos, comparado aqui no Brasil a Monteiro Lobato, que deixou vários órfãos como eu, que na infância vivi o mundo criado por ele... Em inúmeras páginas.

M.M. Barros 

--------------------------------------------

Eu comentei uma vez que ele não precisaria completar 100 anos... porque um cara como ele não poderia "completar" tudo... Já fez muita coisa. Não fico de luto. Ele nunca morrerá. O criador de todas as minhas fantasias. O responsável por alimentar minha personalidade.

Digaun

---------------------------------------------------------------

Queria eu que o mundo real fosse igual às histórias em quadrinhos da Marvel, que sempre trazem seus personagens de volta. Stan Lee agora foi morar como os Eternos e a fazer parte dos Vigias! Já estou com saudades de um dos responsáveis por eu gostar de quadrinhos... Morre uma lenda.

Merh@j

----------------------------------------------------------

Os desenhos desanimados da Shell. Época feliz. Significou pra mim uma infância com mais alegria. Até então só tinha a MGM e a Hanna Barbera... E a maldita Disney.

Márcio Maxy

----------------------------------------------------------

Era adolescente ainda e depois da HTV 78 não teve mais pra ninguém. A Era Marvel me dominou. Aí o North caiu no lado negro da força e me "levou" junto pra ser decenauta.

France

--------------------------------------------

Meu primeiro gibi também foi da Marvel. Dá pra acreditar? Gostei tanto que virei decenauta!

Tche

-------------------------------------------

Pra mim, Stan Lee sempre foi um mago dos quadrinhos. Meu primeiro contato com a Marvel foi através do desenho do Homem-Aranha na TV. Aquele desenho me arremessou diretamente ao universo dos quadrinhos e a tudo que Stan criou. Sua filosofia, suas mensagens de um mundo melhor e de que apenas basta uma pessoa para fazer a diferença, me inspiraram e certamente muitas outras pessoas.

Dancan 

------------------------------------------------------------------------------

Muito obrigado pelo entretenimento!

Luciano Tadeu

-------------------------------------------------------------------------------

Uma perda irreparável para o universo da fantasia.

Jihad

----------------------------------------------------------------------------------------


só direi uma coisa... "COM GRANDES PODERES VEM GRANDES RESPONSABILIDADES."

Raniery 

--------------------------------------------


Stan Lee foi um divisor de águas na universo da nona arte. Sua contribuição para a criação dos mais diversos personagens da casa das ideias, como Quarteto Fantástico, Homem-Aranha, Incrível Hulk, Homem de Ferro, Vingadores, e tantos outros, foi um marco. Na verdade, eu comecei lendo gibis da DC (bem no período do que considero uma das melhores sagas, senão a melhor, do universo quadrinístico, Crise nas Infinitas Terras) e me apaixonei. 

   Logo em seguida, vi que existiam quadrinhos de outros personagens de outra editora, a Marvel, e me apaixonei idem. Neste período, fui introduzido neste universo de fantasia, um universo “paralelo”, onde heróis combatiam vilões em busca da paz, e nunca mais saí dele. Na verdade, cada vez que eu lia um gibi, vendo um determinado herói lutar com todas as forças contra um determinado vilão, sem esmorecer,  sempre em prol do bem estar da humanidade, eu ficava fascinado, e eu pensava: “Nossa, como poderíamos ter um Homem-Aranha, um Capitão América, para lutar por nós, acho que o mundo seria bem melhor”. E ainda por cima, via Peter Parker se ferrar de verde e amarelo (é, verde e amarelo mesmo, kkk) pra estudar, trabalhar, ajudar sua tia doente e combater o crime, aí eu pensava mais ainda: “Puxa, o cara é tão fo... quanto eu! Se ele consegue, porque eu não?”. Stan Lee foi responsável por tornar meus dias mais felizes, meus momentos de paz mais gratificantes, era um prazer colecionar gibi, ver a evolução de um personagem, ver essa amarração entre os demais heróis, o que acontecia na história de um herói refletia na história do outro, e vice-versa.

   Enfim, dá pra escrever um livro das sensações que eu tive quando lia quadrinhos, mas, resumindo, só tenho a agradecer ao nosso mestre Stan Lee por proporcionar tudo isso. Que ele fique em paz onde quer que ele esteja, e que ele saiba que sua contribuição para o mundo foi imensa pois, tudo aquilo que está ali refletido em um quadrinho, nada mais é do que uma imagem que gostaríamos de ver em nosso mundo real, pessoas lutando por um bem comum, sem nunca desistir. Meu muito obrigado e até breve. AND SNUFF´ SAID!”

TORAK 

--------------------------------------

Aprendi a gostar dos heróis da Marvel desde cedo, ainda na Bloch, depois RGE e Abril. Sempre gostei da forma como os heróis eram tratados, como pessoas normais, com dilemas humanos, com dúvidas e problemas comuns, mas que por Alguma ação do destino, tinham poderes e precisavam lidar com essa questão. Não eram histórias sobre seres super-poderosos, icônicos como a Distinta Concorrência, mas sobre como pessoas precisavam lidar com poderes e responsabilidades. 

Eu me identificava muito com essa temática, de ser um jovem que ao crescer precisava fazer escolhas, ter responsabilidades, ser construtivo, saber colaborar em equipe, fazer o que era o certo. Eu e muita gente. Sei que muitos gênios criativos passaram pela Marvel, mas sei que boa parte desse sucesso veio de um cara que ajudou a catalizar toda essas genialidades pulsantes e que ajudou a forjar este universo: Stan Lee. A Marvel não seria a marvel que conhecemos hoje sem o Stan Lee. Ouso dizer que o mundo pop não seria o mesmo sem o Stan Lee. Esta página que você está lendo não existiria sem o Stan Lee e eu, não seria o mesmo, se não fosse o Stan Lee! 

A este grande gênio e co-criador deste universo fascinante que é o universo Marvel, a minha singela homenagem neste momento tão difícil e o meu muito obrigado! Excelsior!


MANUPE


 

3 comentários:

  1. Tomei conhecimento do grande trabalho desse mestre dos quadrinhos pelas revistas da Bloch. Pena que aqui no Brasil muitos quadrinhos da Marvel não foram publicados ou publicados com alterações comprometendo os trabalhos originais

    ResponderExcluir
  2. só direi uma coisa...
    COM GRANDES PODERES VEM GRANDES RESPONSABILIDADES.

    ResponderExcluir
  3. Tenho certeza que se o Stan conhecesse o Blog do Aquiles estaria orgulhoso! Vocês têm feito um belo e invejável trabalho com a Marvel! Sigam em frente, com certeza, com as bênçãos de Stan Lee!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...